Conheça 10 aplicativos gratuitos para iPhone 3G e iPod Touch

São Paulo, 06 de agosto de 2008 – A customização dos aparelhos da Apple virou uma moda nos Estados Unidos. Mais de 25 milhões de downloads já foram feitos por quem deseja dar um toque pessoal à família iPhone e iPod Touch, de acordo com o Wall Street Journal.

A Apple colocou à disposição dos usuários um programa que ajuda a desenvolver aplicativos para os aparelhos. Esses softwares são encontrados na Apple Application Store, que está no iTunes, e 20% de um total de 900 são gratuitos. O WNews selecionou 10 desses aplicativos que tem uso no Brasil para ajudá-lo a personalizar seu aparelho.

Arquivos com tamanho até 10MB podem ser baixados diretamente do site, mas, os programas mais pesados estão disponíveis para download via Wi-Fi. Para rodá-los, é necessário atualizar o software do iPhone para a versão 2.0.

Band Mobile
A Band tem um canal na internet que é voltado para o iPhone. Com esse programa, é possível ter acesso à programação online da emissora, além de visualizar notícias em tempo real. O software funciona para o iPhone e iPod Touch, e está em quinto lugar dos aplicativos mais acessados no site da Apple.

Google Mobile App
Tenha o serviço de busca do Google no iPod Touch e iPhone. Ache páginas de internet e telefones de contato digitando poucos caracteres, com o serviço de sugestões do Google que o ajudam a completar a sua busca.

Pandora
Crie a sua rádio na internet. O programa permite o usuário a fazer estações de rádio customizadas que tocam no iPhone ou iPod Touch. Funciona também em Wi-Fi e com a tecnologia 3G.

Weather Bug
Com o programa você poderá ver as condições climáticas de mais de 45 mil locações no mundo, em mapas de satélites. Disponível para iPhone e iPod Touch.

Rotary Dialer
Dê um toque retrô a seu iPhone. O software permite ao usuário discar números como se fosse num telefone antigo, os teclas rotativas.

Twitterific
Um aplicativo para os viciados no Twitter. Com o layout simplificado, você pode postar suas opiniões na comunidade pelo do iPhone.

Remote
Transforme seu iPhone ou iPod Touch em um controle remoto de um Mac ou Apple TV. Ele funciona em rede Wi-Fi, e o usuário pode controlar as músicas tocadas de qualquer lugar de casa.

Facebook
Com interface simples, você pode conversar com seus amigos usando o messenger do Facebook, postar imagens no seu perfil e checar o status e atualização das pessoas na rede.

Currency
O aplicativo permite a conversão de até 50 moedas de 70 países diferentes. O câmbio é atualizado a cada minuto.

Exposure
Uma rápida e prática maneira de acessar ao seu Flickr, assim como a todas suas fotos e contatos.

 

Fonte: WNews

Super 3G chega à velocidade de 250 Mbps em transmissão

No dia 26 de março, a NTT DoCoMo anunciou que obteve o recorde de taxa de transmissão de dados sobre uma rede sem-fio de alta velocidade, que foi de 250 Mbps. De um teste em ambiente externo com o objetivo de criar um sistema experimental de Super 3G para comunicações móveis saiu o resultado. Desde fevereiro, a empresa tem realizado experimentos desse tipo, além de aprimorá-los em ambiente real, sem-fio, perto dos laboratórios R&D, em Yokosuka, sul de Tokyo.

Para a realização dos testes são utilizadas quatro antenas conhecidas como Mimo (Multiple-Input Multiple-Output), além de uma estação-base de transmissão e outra estação-base de recepção com 20MHz de largura de banda, a máxima permitida pelos novos padrões de Super 3G. A DoCoMo pretende continuar a testar as conexões de comunicação de uma base a outra e a funcionalidade das aplicações em ambientes internos e externos.

A Super 3G representa uma evolução em relação ao High-Speed Downlink Packet Access (HSDPA) e ao High-Speed Uplink Packet Access (HSUPA), protocolos da W-CDMA, que são considerados tecnologias originais para a transmissão de blocos de informação 3G. A Super 3G, que também é conhecida como Long Term Evolution (LTE, evolução de longo prazo, em português), tem sido padronizada pelo Projeto de Parceria de Terceira Geração (3GPP), que já apresenta algumas especificações centrais aprovadas.

Fonte: ADNews